segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Polícia Federal cumpre mandados de busca e apreensão nas casas de Vital do Rêgo e Marco Maia 

A Polícia Federal (PF) cumpriu na manhã desta segunda-feira (05), com apoio da Procuradoria Geral da República (PGR), mandados de busca e apreensão na casa do ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) e ex-senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) e do deputado federal Marco Maia (PT-RS), ex-presidente da Câmara. Os dois são investigados desde maio pela Operação Lava Jato.

Os mandados de busca e apreensão para coleta de provas foram autorizados pelo ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF). Os dois são suspeitos de terem cobrado propinas de fornecedores da Petrobras para blindá-los e impedir suas convocações na CPI mista do Congresso Nacional que, em 2014, investigava as suspeitas de irregularidades na estatal.

À época em que teria cobrado uma espécie de pedágio de empreiteiros, Vital ainda ocupava uma cadeira no Senado e presidia, simultaneamente, duas CPIs criadas no Legislativo para investigar as denúncias contra a Petrobras. Uma das comissões era formada exclusivamente por senadores e tinha como relator o ex-senador Gim Argello (PTB-DF), que foi condenado a 19 anos de prisão pela Lava Jato sob acusação de cobrar propina para barrar a convocação de empresários na CPI da Petrobras.

A outra Comissão Parlamentar de Inquérito presidida por Vital do Rêgo era mista (composta por deputados e senadores) e tinha como relator o deputado Marco Maia. É justamente para esclarecer se os dirigentes dessa CPI também cobraram propina de empreiteiros que o STF autorizou os mandados de busca e apreensão cumpridos nesta segunda-feira.

Em maio, Teori havia autorizado a abertura de um inquérito para investigar o envolvimento dos dois na Lava Jato com base na delação premiada do senador cassado Delcídio do Amaral (sem partido-MS). No pedido de abertura de inquérito, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, alegou que os fatos narrados por Delcídio indicam crimes de concussão ou corrupção passiva.

Edson anuncia investimento de mais de meio milhão na saúde 

O prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), anunciou, em participação ao programa “A Hora do Povo”, neste sábado (03), a liberação de recursos frutos de uma emenda parlamentar do deputado federal licenciado, Ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB), de mais de meio milhão de reais que serão empregados, segundo o gestor, na saúde da cidade. 

Edson informou que 681 mil reais, serão destinados a compra de equipamentos para a UPA e o Hospital Municipal Raimundo Francelino Aragão. Entre os avanços que os recursos poderão trazer para a área de saúde do município, está a aquisição de um novo aparelho de Raio-X.  “Foi liberada nesta quinta-feira uma emenda do ministro Bruno Araújo, no valor de 680 mil reais, que serão investidos na saúde pública de nossa cidade, na compra de equipamentos hospitalares. Dinheiro que vai ser investido na compra de material para a UPA e para o Hospital Municipal e de um novo aparelho de Raio-X”, disse Edson.

O secretário de saúde da cidade, Breno Feitosa, ao comentar a conquista destes recursos, afirmou, “O dinheiro já foi liberado de Brasília, vamos iniciar agora o nosso processo de licitação, para a compra e aquisição desses equipamentos. E esperamos que nos próximos meses, a gente já possa está entregando a população de Santa Cruz do Capibaribe, as unidades de saúde ainda mais equipada para receber as demandas da população”.

Secretaria de Cidadania e Inclusão Social de Santa Cruz do Capibaribe entre as 50 melhores do Brasil


A Secretaria de Cidadania e Inclusão Social de Santa Cruz do Capibaribe recebeu na manhã desta sexta-feira (02), em Recife, a Medalha Brasil-Suíça e o Certificado de Qualidade Total. A secretária licenciada Alessandra Vieira, ficou entre os 50 melhores secretários na categoria Assistência Social, Infraestrutura e Transparência Pública do país. A premiação é licenciada pelo ISO 9001.

A UBD (União Brasileira de Divulgação), empresa produtora do evento, tem a finalidade de divulgar,  por meio de pesquisas interativas, as melhores administrações municipais do Brasil nas pastas de educação, serviço social, infraestrutura e saúde. A UBD já executou congressos internacionais, por exemplo, em de Zurique na Suíça.

Fernando Cunha, diretor de pesquisas da UBD, falou sobre a metodologia da pesquisa. “A análise é feita através de ligações telefônicas, temos também um grupo que viaja aos municípios para obter maiores informações. A população é questionada sobre a qualidade da gestão, optando por notas de 1 a 10”, disse o diretor da UBD.

Alessandra Vieira compartilhou a conquista com todos da Secretaria de Cidadania e Inclusão Social. “É uma grande honra ser reconhecida pelo seu trabalho e estar entre os 50 melhores gestores em Assistência Social do Brasil. Dedico esse momento ao time da Secretaria de Cidadania e Inclusão Social e aos secretários que passaram por essa pasta no atual governo. O prêmio nacional é do time de Cidadania e do capitão, Edson Vieira”, destacou a secretária licenciada.

Além de pesquisa de opinião e satisfação junto à população, o instituto utilizou dados públicos de órgãos governamentais (estaduais e federais) para averiguar as gestões. Alessandra Vieira foi acompanhada de Gabriela Rocha, Gestora do programa Bolsa Família, Silvia Xavier e Aline Silva colaboradoras da Secretaria de Cidadania e Inclusão Social. A premiação foi realizada no Golden Tulip Recife Palace Hotel, Boa Viagem, Recife.

sábado, 3 de dezembro de 2016

Seminário da Unale discute experiências de combate à criminalidade
 
Deputados de vários Estados brasileiros e consultores da Assembleia Legislativa de Pernambuco se reuniram nesta quinta-feira (1º) no Seminário de Segurança, promovido pela União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale). O encontro aconteceu no Recife e teve como reflexão experiências de enfrentamento à violência, como a de Bogotá, capital e maior cidade da Colômbia. Os projetos desenvolvidos no Pacto pela Vida e no Centro Comunitário pela Paz (Compaz) também foram analisados nos painéis apresentados pelo secretário de Segurança do Recife, Murilo Cavalcanti, e do consultor legislativo da Alepe, Victor Barreto.

Segundo o primeiro-secretário da Alepe e tesoureiro da Unale, deputado Diogo Moraes "o seminário visa à multiplicação de modelos bem-sucedidos de combate à violência, a exemplo do Recife, que se tornou a capital com
menor índice de Crimes Violentos Letais Intencionais da Região Nordeste, segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública." Entre os caminhos apontados pelo encontro, destacam-se o protagonismo do município no combate à criminalidade e a importância da inserção do cidadão na criação de políticas públicas para a área. 

Bogotá e Medellín foram os objetos de pesquisa de Murilo Cavalcanti durante uma década, realizando dezenas de visitas às cidades para conhecer as políticas públicas de combate à criminalidade. Segundo ele, o principal motivo dos resultados positivos das cidades colombianas foi a sucessão de bons prefeitos dos últimos anos. “Somente polícia não dá resultado. Os prefeitos, que são os entes mais próximos da população, precisam estabelecer políticas públicas municipais de prevenção à violência urbana.”, afirma Cavalcanti. 

O presidente da Secretaria de Segurança da Unale, deputado Eriberto Medeiros (PTC), ressalta que os parlamentares dos Estados estão atentos à grave crise da segurança no País e buscam dar uma resposta à sociedade.  A presidente da Unale, Ana Cunha (PSDB), deputada pelo Estado do Pará, afirma que o seminário coloca o Recife como referência na área de segurança. Já o consultor legislativo da Alepe, Victor Barreto, avalia que a política estadual do Pacto pela Vida tem as ferramentas necessárias para corrigir o próprio trajeto.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016




Cuba - Os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, ambos do PT, vão à Cuba este fim de semana para participar de homenagens ao líder cubano Fidel Castro, que faleceu na noite de sexta (25) aos 90 anos. Segundo nota divulgada no site de Lula esta quinta (01), os ex-presidentes estarão presentes às homenagens a Fidel na cidade de Santiago de Cuba, no sábado (03). Lula volta ao Brasil na segunda (05). Os dois petistas lamentaram a morte do líder cubano. Em nota sobre o falecimento de Fidel, Lula o chamou de "o maior de todos os latino-americanos" e disse sentir sua morte "como a perda de um irmão mais velho, de um companheiro insubstituível, do qual jamais me esquecerei".

Nós aqui outra vez - O ministro Henrique Meirelles tornou a virar alvo de críticas. A pressão para que a equipe econômica tire da cartola medidas para retomar o crescimento ganhou força após o decepcionante recuo de 0,8% do PIB no terceiro trimestre. Os investimentos caíram e provocaram uma onda de queixas ao presidente. Cobra-se mais criatividade da Fazenda. Uma frase resume o sentimento geral em Brasília: “A equipe dos sonhos não está conseguindo entregar os sonhos da equipe”. Palacianos estão frustrados. Esperavam que a estabilização da atividade econômica tivesse se confirmado agora. 

VIP - Rogerio Chequer, líder do Vem Pra Rua, enviou nesta quinta-feira (01) um convite ao juiz Sergio Moro para que ele participe da manifestação de domingo, na av. Paulista, a favor da Lava Jato. Com o movimento da Câmara contrário ao pacote anticorrupção do Ministério Público, o protesto de domingo engrossou. Mais de 50 cidades aderiram ao ato em menos de 24 horas, ao todo já são 150 municípios no país inteiro.

Relações - Deputados do PMDB ligados a Lúcio Vieira Lima, irmão do ex-ministro Geddel, vão pedir à Polícia Federal para investigar as relações do ex-ministro da Cultura Marcelo Calero com o banqueiro Eduardo Mariani. Insinuam que o banqueiro é o beneficiado pelo embargo do edifício La Vue, onde Geddel comprou apartamento. Depois de pronto, o prédio de 28 andares faria sombra ao Morro Mariani, propriedade do banqueiro.

Governadores - O presidente Michel Temer recebeu nesta quinta-feira os governadores, entre eles, Paulo Câmara, e concordou com a proposta deles para separar o ajuste fiscal das multas da repatriação. Pelo desejo do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, a União liberaria para os estados uma parte do valor das multas, desde que os governadores fizessem também um duro ajuste fiscal. “É fundamental que esse diálogo entre os Estados e Governo Federal seja transparente e permanente”, disse Paulo Câmara, que no último dia 25/11 reuniu os governadores nordestinos para tratar das questões relativas ao ajuste fiscal e à retomada do desenvolvimento. 

Enem - O INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas), vinculado ao MEC, que tem como titular o ministro Mendonça Filho, negou nesta quinta-feira (01) versão divulgada pelo Ministério Público Federal no Ceará de que houve vazamento nas provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Por meio de nota, o INEP afirma que o exame “foi realizado com segurança para mais de 5,8 milhões e estudantes nos dias 5 e 6 de novembro de 2016” e que por isso mesmo não será cancelado. 

Por favor - O presidente Michel Temer irritou-se ao ser questionado, hoje, sobre sua opinião em relação ao desfigurado pacote anticorrupção aprovado pela Câmara nesta semana. Ao ser indagado após um pronunciamento sobre o Dia Nacional de Combate ao Mosquito, em Brasília, Temer se aborreceu. "Estou falando de zika, por favor", respondeu o presidente da República já se retirando do local preparado para o que deveria ser uma entrevista. O texto aprovado pela Câmara dos Deputados deflagrou uma crise entre Legislativo, Ministério Público e Judiciário. Temer tem procurado evitar que a polêmica o envolva.

Acusações - O senador Aécio Neves (PSDB) lançou um vídeo nas redes sociais, nesta quinta-feira (01) criticando as acusações que recebeu sobre um possível voto a favor do pedido de urgência do pacote anticorrupção no Senado. O líder do PSDB negou as denúncias e acrescentou que não iria constranger, em nenhum momento, as investigações da Operação Lava Jato. As denúncias divulgadas nesta quinta apontam que o senador , foi um dos primeiros parlamentares a apoiar a manobra, levada ao plenário da Casa na quarta (30). Com ele estariam, os líderes do PT, PSD, PP, PTC e PMDB. Dos três senadores de Pernambuco, Humberto Costa (PT) e Fernando Bezerra Coelho (PSB) foram a favor do pedido de urgência. A manobra acabou sendo derrubada pela maioria dos parlamentares. 

Apoio - O deputado Antonio Imbassahy (PSDB-BA), líder tucano, ganhou uma apoio de peso para ocupar o lugar do ex-ministro Geddel Vieira Lima no Palácio do Planalto. Nos bastidores, o presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG), passou a defender a indicação de Imbassahy para ministro da Secretaria de Governo, responsável pela articulação política do Planalto.  Apesar do apoio da cúpula tucana, ainda há resistência na bancada do PMDB na Câmara, que prefere um nome do partido, o mesmo do presidente Michel Temer. No grupo de mensagens da bancada, o deputado Hildo Rocha (PMDB-MA) enviou mensagem defendendo a nomeação ex-deputado Sandro Mabel para ocupar o cargo interinamente. Mabel tem dito que só aceitaria a missão por um tempo determinado. 

Defesa - O ex-ministro da Secretaria de Governo Geddel Vieira Lima apresentou nesta quarta-feira (01) à Comissão de Ética Pública da Presidência a defesa dele no processo aberto na semana passada. Geddel é investigado por conflito de interesses em razão do episódio que resultou no pedido de demissão, no último dia 18, do então ministro da Cultura, Marcelo Calero. O conteúdo da defesa, porém, não foi revelado porque é sigiloso. A próxima reunião da comissão está marcada para 15 de dezembro.

Mágoa – Apesar do apoio formal a Raquel Lyra (PSDB), o prefeito de Caruaru José Queiroz (PDT) teria confidenciado a interlocutores uma certa mágoa com a futura prefeita, pois esperava que o gesto de apoio no início do segundo turno fosse retribuído ao menos na formação do secretariado da futura gestão onde Queiroz esperava ser mais ouvido.

Plenárias - A partir deste final de semana, o PT Pernambuco, que tem como presidente o advogado Bruno Ribeiro, dará início a uma série de plenárias regionais para a escolha dos seus novos dirigentes. As plenárias têm como finalidade reorganizar o partido, internamente, renovar suas bandeiras de luta e suas propostas programáticas. Esta agenda de discussões culminará na eleição dos novos dirigentes do partido por meio dos congressos em âmbito municipal, estadual e nacional. 

Setor privado - Na contramão da crise econômica que acomete o País, o Governo de Pernambuco segue anunciando investimentos e parcerias com o setor privado para a geração de emprego e renda. Em uma solenidade no Palácio do Campo das Princesas, no Recife, na manhã de hoje, o governador Paulo Câmara e o presidente do Aché Laboratórios, Paulo Nigro, assinaram um acordo que assegura a implantação de uma planta industrial e uma central de distribuição do grupo no Complexo de Suape. Os dois empreendimentos vão gerar 500 postos de trabalhos diretos e outros 2,5 mil indiretos. O investimento inicial será de R$ 500 milhões, o maior confirmado pela iniciativa privada este ano no Estado.

Desvios - O Procurador do Ministério Público de Pernambuco Ricardo Lapenda afirmou, nesta quinta-feira (01), que os desvios na Prefeitura de Ribeirão, na Zona da Mata Sul do estado, chegam a R$ 5 milhões em dois anos. O montante é referente apenas ao que está sendo investigado pela ‘Operação Terra Arrasada II’, que investiga um esquema que envolve fraude em coleta de lixo. O prefeito da cidade, Romeu Jacobina de Figueiredo (PR), e mais seis pessoas foram presas. Na ação, realizada em parceria entre Polícia Civil de Pernambuco e Ministério Público, foram apreendidos documentos e seis armas de fogo. O armamento estava em um sítio e numa residência de um dos empresários ligados ao esquema, também preso. Foram apreendidos ainda R$ 17 mil em dinheiro na casa do empresário.

Data - Foi definida a data da diplomação para o prefeito e os vereadores eleitos de Brejo da Madre de Deus. O evento está marcado para o dia 15 de dezembro, e irá ocorrer no auditório da Escola Estadual André Cordeiro, às 10 horas. Serão diplomados, o prefeito eleito Hilário Paulo (PSD), seu vice-prefeito Josevaldo Lopes (PRB) e mais 13 parlamentares para a Câmara de Vereadores, além dos suplentes. 

Hilário Paulo comenta expectativas para seu governo em Brejo da Madre de Deus 

O vereador e prefeito eleito de Brejo da Madre de Deus, Hilário Paulo (PSD), esteve participando do programa Direto ao Ponto desta quinta-feira (01), onde comentou a respeito da formação e expectativas para o seu governo a frente da prefeitura, e destacou as parcerias firmadas entre as cidades de Brejo da Madre de Deus e Santa Cruz do Capibaribe.

Ao comentar sobre a formação do seu governo e como tem se preparado para esse novo desafio, Hilário destacou que já está observando as modificações que serão realizadas no secretariado. “Mas nós iremos, com certeza, procurar ter tranquilidade. Nesse primeiro momento, nós não pretendemos anunciar nomes. Talvez na próxima semana a gente anuncie um novo (secretário) e um que continua. Mas a gente não está querendo criar nenhuma instabilidade no governo que está, com os secretários que estão. Até porque o nosso governo é de situação”, explicou Hilário.

Hilário ressaltou como deverá ser sua atuação voltada para o Distrito de São Domingo, já que reside na comunidade. “Nós temos vários planos para São Domingos, inclusive, a grande expectativa do povo de São Domingos é com nossa gestão. Sou o primeiro prefeito de São Domingos”, disse o prefeito eleito, que explicou que fará o máximo para atender as expectativas da população do distrito, como a luta junto ao Ministério das Cidades para a construção de uma nova ponte para ligar São Domingos a cidade de Santa Cruz do Capibaribe.

O prefeito falou a respeito da parceria entre as cidades de Brejo da Madre de Deus e Santa Cruz do Capibaribe, nas áreas de educação, saúde e segurança. “Essas parcerias nós precisamos manter e melhorá-las. Logicamente, que a gente tem a preocupação. Enquanto a Edson, é meu amigo, meu irmão, meu parceiro, e nós não iremos ter dificuldades de ampliar essas parcerias, que ao longo do tempo nós iremos divulgar. Teremos que gastar menos, porque na crise em que estamos passando, temos que fazer mais com menos”, disse.


Eleições no CONIAPE - Ao ser questionado sobre a eleição para o comando do Consórcio Público Intermunicipal do Agreste Pernambucano e Fronteiras (CONIAPE), que atualmente é presidido pelo prefeito de Taquaritinga do Norte, Evilásio Araújo (PSB), Hilário afirmou, “Eu acho que dentro da região do CONIAPE, o prefeito que deveria conduzir, deveria ser uma prefeito que já foi reeleito, até porque ele já está com toda sua estrutura montada, a sua equipe administrativa montada, ele tem mais tempo disponível para se dedicar ao CONIAPE. E pelo tamanho da participação dentro do CONIAPE, eu acho que, isso é uma coisa minha, eu não sei nem se ele vai aceitar, mas o próximo presidente do CONIAPE deveria ser o prefeito Edson Vieira”, afirmou Hilário.

Jéssyca fala sobre condenação de Zé Augusto e dispara contra Socorro Maia “Ela é mentirosa”

Em  participação ao programa Direto ao Ponto, nesta quinta-feira, a vereadora eleita de Santa Cruz do Capibaribe, Jessyca Cavalcanti (PTC), comentou a respeito de declarações polêmicas proferidas pelo vereador oposicionista Carlinhos da Cohab (PTB)  no último sábado (25), além de falar a respeito da decisão judicial que condenou o ex-prefeito José Augusto Maia no famoso caso do Escândalo da Merenda. 

O vereador Carlinhos da Cohab proferiu afirmações polêmicas contra Jessyca durante o programa “Oposição em Ação”, no último sábado, diante disso, a vereadora repudiou a atitude do parlamentar e voltou a exigir uma pedido de desculpas. “A cada cinco mulheres no país, uma sofre violência, e a violência não é só física. Recebo com repúdio a afirmação do vereador Carlinhos da Cohab, quando ele usa nos seus termos, mesmo que de forma sútil, incitar a violência. Eu entendi exatamente o que ele quis dizer com aquilo ali. Uma mulher quando é atacada, são atacadas todas as outras mulheres”, disse.

Jessyca que é uma adversária ferrenha do ex-prefeito Zé Augusto (PTN), também comentou a decisão do Juiz Danilo Félix, da Vara Criminal de Santa Cruz, que condenou o ex-prefeito a 10 anos e oito meses no caso que ficou conhecido como o “Escândalo da Merenda”. “A gente já esperava que acontecesse isso. E digo que recebi a notícia com grande alegria, José Augusto Maia vai pagar tudo que ele fez ao povo Santa Cruz do Capibaribe, vai pagar com o rigor da lei. E acredito que esse recurso que ele vai tentar, ele não vai conseguir e que em breve ele estará atrás das grades”, disse.

A vereadora eleita aproveitou para mandar um recado para a ex-secretária de Educação do município, Socorro Maia. “No tocante a uma entrevista que ouvi da ex-secretária Socorro Maia, digo a ela que vou responder cada item, comprovando que ela é mentirosa. Que tudo que ela fala, ela falta com a verdade. Porque tenho documentos para mostrar a ela que em cada ponto que ela apresentou, ela está errada, ela está mentindo”, disparou. 


Secretaria de Saúde e HEMOPE realizam cadastro para doação de Medula Óssea
O HEMOPE e a Secretaria de Saúde de Santa Cruz do Capibaribe, realizaram uma campanha de cadastramento de doadores de medula óssea no município. A ação iniciou na tarde da última quarta-feira (30), e terminou na manhã desta quinta-feira, primeiro de dezembro.

Através de um procedimento simples e rápido, a coleta foi desenvolvida na sede da AABB (Associação Atlética Banco do Brasil), contou com profissionais da Secretaria de Saúde e do HEMOPE, iniciou com palestra sobre a importância da doação de medula óssea, seguiu com cadastramentos pessoais, finalizou com a coleta de sangue para inserir na lista de potenciais doadores.

David Meireles, responsável pelo sistema de alimentação de dados do HEMOPE, comentou sobre o trabalho realizado em Santa Cruz do Capibaribe. “Não há uma meta para nosso trabalho aqui, porque atuamos com um cadastro que é mundial, porém, quando mais coletas conseguirmos, mais vidas poderão ser salvas”, frisou Meireles.

Naine Arruda, enfermeira plantonista da UPA-24h, falou sobre as condições para ser um provável doador de medula. “O pré-requisito para a coleta de sangue desta campanha é ter entre 18 a 55 anos, não ter nenhuma doença infecciosa (doença transmitida por sangue), estar com a saúde em boas condições e portar documentos pessoais, não precisa estar em jejum”, contou a enfermeira.

"É importante participar de uma campanha igual a essa, quem sabe com esse gesto a gente pode no futuro, ajudar a salvar uma vida", disse o comerciante Ytamar Bezerra.

Após a coleta da amostra, o sangue segue para exames de histocompatibilidade (HLA), que é um teste laboratorial que identifica características genéticas que podem influenciar no transplante. O HLA de cada pessoa será incluído no cadastro. Quando um paciente necessitar de transplante, esse cadastro é consultado. Se for encontrado um doador compatível, ele será convidado a fazer a doação.

Entre irmãos, a possibilidade de encontrar um doador compatível na transfusão de Medula Óssea é de 25 a 30%. Já para pessoas sem grau de parentesco é de 1 em 100 mil.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Réu - O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira colocar no banco dos réus o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Oito dos onze ministros da Corte decidiram que o peemedebista deve ser julgado pelo crime de peculato, desvio de dinheiro público, por ter usado um lobista da empreiteira Mendes Júnior para pagar pensão a uma filha que teve fora do casamento.

Negou - Após o ato contra o governo Temer terminar em depredação, o GSI (Gabinete de Segurança Institucional) solicitou ao governo do Distrito Federal que fossem proibidos protestos na Esplanada. O governador Rodrigo Rollemberg negou o pedido. O governo argumentou que as manifestações são permitidas há muitos anos e que as gestões do PT também tentaram impedi-las. Não faria sentido mudar de posição agora. Disse ainda que conta com a colaboração dos órgãos federais para monitorar e prevenir conflitos. 

Emenda - A bancada do PSB também deu sua contribuição para o aperfeiçoamento das “Dez Medidas de Combate à Corrupção”. Apresentou destaque para que fosse suprimido do texto o item que previa a realização do “teste de integridade” para servidores públicos. A emenda foi aprovada por 326 votos contra 14. Pelo texto original, o ônus da prova seria invertido, ou seja, caberia ao servidor provar que é honesto. 

Rejeitou - Apesar do empenho do presidente Renan Calheiros (PMDB-AL), a maioria dos senadores rejeitou na noite desta quarta-feira (30) o requerimento de “urgência” para que fosse colocado na ordem do dia o projeto de lei aprovado pela Câmara sobre as medidas de combate à corrupção. Foram 44 votos contra a “urgência” e apenas 14 a favor. Para o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO), que liderou a rebelião contra a “urgência”, não era necessário votar este projeto, apressadamente, menos de 24h após sua aprovação pela Câmara Federal. Ele disse que a maioria dos senadores sequer conhecia o texto aprovado porque ele recebeu muitas emendas por parte dos deputados federais. A “urgência” foi solicitada pelos líderes do PMDB, PTC e PSD. Mas o senador Cristovam Buarque (PPS-DF) fez um apelo aos colegas para que rejeitassem o requerimento. E foi atendido. 

Rombo - Uma auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU) descobriu rombo estimado em R$ 20 bilhões no Financiamento Estudantil (FIES) entre 2009 e 2015, cifra que
coloca em xeque um dos principais programas do Ministério da Educação. “Não posso deixar de destacar minha indignação com o descalabro na gestão do FIES”, disse a relatora do processo no TCU, ministra Ana Arraes, durante a sessão de análise do parecer na última terça-feira (23). Em votação unânime, os ministros do tribunal determinaram a intimação de oito autoridades dos governos de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff para depoimentos sobre o novo escândalo na Educação. 

Ironizando - O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), ironizou um argumento do juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância, em um debate no Senado sobre o
projeto do abuso de autoridade. Moro havia dito que "talvez" não seja o "melhor momento" para aprovação do texto, tendo em vista as diversas operações policiais em curso. Após o discurso de Moro, foi a vez de Gilmar subir à tribuna. Ele questionou se seria preciso aguardar um "ano sabático das operações" para aprovar o projeto e disse que o argumento não fazia sentido. O texto do abuso de autoridade, que tramita na Casa, prevê endurecimento as punições aplicadas a juízes, promotores e delegados que vierem a cometer algum tipo de excesso. Setores ligados a juízes e a integrantes do Ministério Público veem na medida uma forma de coibir investigações como a Lava Jato. 

Força - O nome do líder do PSDB na Câmara, deputado Antônio Imbassay (BA), ganhou força nas últimas horas para ser o novo ministro-chefe da Secretaria de Governo, no lugar do ex-ministro Geddel Vieira Lima. Além do perfil habilidoso, a nomeação de Imbassay para o cargo ajudaria a diminuir a disputa na base aliada pela presidência da Câmara. Imbassahy é apontado pelo PSDB como um dos cotados para disputar a eleição pelo comando da Casa. Mas, apesar da simpatia pessoal do presidente Michel Temer por Imbassay, ainda há resistência ao nome do baiano na bancada do PMDB. 

O escolhido - O deputado Rogério Rosso (PSD-DF) foi indicado pela bancada do PSD para ser candidato à presidência da Câmara dos Deputados. Em julho, Rosso
perdeu para Rodrigo Maia (DEM-RJ), por 285 votos a 170, a disputa em segundo turno para o mandato-tampão que se encerra em fevereiro. Maia sucedeu Eduardo Cunha(PMDB-RJ), que renunciou ao cargo e depois foi cassado. Embora exista um acordo entre os partidos do chamado "Centrão" – do qual o PSD faz parte – para se decidir o candidato do bloco por meio de uma prévia, Rogério Rosso disse que se lançará como candidato.

Único - O senador Armando Monteiro (PTB) foi o único eleito por Pernambuco a votar contra o requerimento de urgência para que o projeto sobre corrupção fosse votado pelo Senado na noite de ontem. Os outros senadores
pernambucanos, Fernando Bezerra Coelho (PSB) e Humberto Costa (PT) votaram favoráveis ao requerimento apresentado pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). No painel eletrônico, 44 senadores votaram contra a urgência e 14 a favor. Com a rejeição do requerimento, o projeto anticorrupção foi encaminhado para análise da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, onde deverá ser debatido antes de ser votado pelo plenário. A atitude de Renan causou indignação de parlamentares contrários à forma como o projeto foi aprovado pela Câmara, desfigurado, com várias modificações em relação à proposta original do Ministério Público. 

Ribeirão - A polícia Civil de Pernambuco deflagrou, na manhã de hoje, uma ação contra uma organização criminosa suspeita de atuar na administração pública em Ribeirão, na Zona da Mata Sul de Pernambuco. Estão sendo cumpridos sete mandados de prisão preventiva e 11 de busca e apreensão. Um dos alvos é o prefeito da cidade. A “Operação Terra Arrasada II” tem como objetivo desvendar crimes de responsabilidade, uso de documento falso, lavagem de dinheiro e crime organização na prefeitura do município. Outros alvos são dois secretários municipais, já afastados por decisão judicial. O prefeito Romeu Jacobina de Figueiredo foi levado por policiais ao Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri), em Afogados, na Zona Oeste do Recife. Na chegada, ele preferiu não responder às perguntas da imprensa. 


Plano Municipal de Defesa Social começa a todo vapor

Após o lançamento do Plano Municipal de Defesa Social, nesta quarta-feira (30), as ações de enfrentamento a violência já começaram a ser implantadas nas ruas de Santa Cruz do Capibaribe e a população já pode sentir de forma mais expressiva a presença de segurança no município. 

Como anunciado, já foram iniciadas operações em parceria da Guarda Municipal e Polícia Militar. Estão sendo montadas blitz com abordagens a veículos, tendo como foco principal os motociclistas, já que o maior número de assaltos registrados na cidade é realizado com o uso de motocicletas.

Não estão sendo realizadas as chamadas blitz estáticas que permanecem no mesmo local, a nova estratégia implantada é mais dinâmica, com procedimentos de curta duração, com maior variedade e em locais estratégicos.

Em 30 dias os números devem ser apresentados para a população.